a gente diferença

Dizeu-me aquela voz
nem de sim nem de não
Em mais de três dias adormecidos
embaixo e bom tom
Que não podia mais ficar

Mastigados os ruídos
Preparei meu colchão
pruma semana de domingos

Foi quando o piso da varanda
me assoviou sobre teus pés:
nem de fica nem de vão

E a maçaneta da portinha estreita
assoprou certeira, entendedora
da nossa mão

Qu’era por isso nosso incontro
Eu quando piso, finco
Quando parto,
nenhuma dúvida em minh’assola.

Anúncios

2 comentários sobre “a gente diferença

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s