Levou

Tôsendoesmagadapelo

p

e

so torturante de

uma superfície _______fina___translúcida__opaca__nebulosa_e p   as s a g     e i r        a

eu nunca na minha vida presenciei tamanho paradoxo do desbalanço o efêmero do eterno

abandono

 

d-il-ace-ra meu estômago com a mesma potência do engolir um martelo indigerível

indigesto o mundo nunca na minha besta juventude eu havia reparado tanto hoje senti meu fedor quando fulano deu pra fazer comigo a mesma merda que eu faço

não tem disfarce estava na cara

ele disse

não quero mais te ver ele disse

eu pensei calma entendo o que está fazendo e me lembro de seus outros odores mas passageira passou levou mais um na desimporância das dores.

 

3.10.16

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s