rujada

Preciso ouvir palavras dizendo outros ritmos bagunçar-
me a cabeça mover a poeira assentada na cadeira
de
balanço meu ouvido se encharca
muito ruído muito despercebido já
automática montação de códigos
Preciso desentender símbolos
chocalhe

E dessa vez não dessa vez ao menos
essa vez não quero sussurro
mas estraçalho
bem menos romance ao meio dia de pé com lama acordado
dessa vez não dessa porque não quero barulhinho nem friozinho já me sinto dura pronta rugido dessa vez
o grito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s