A prova da linha

Aprendi bem pouco
sobre o mundo
que me pendura a cabeça
Pois ele não deixou e antes
que esqueça
O crânio de minha prima vi
também puxado
Cresceram nós assim
mente na lua
avoadas muito mais sonhadoras pelas bocas
dos mundos
do que na realidade que nunca tivemos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s