Nado

Nos dias de menos
sou nada
Quanto mais quieta sou nada
perto das bolsas sendo valores dos calçados correndo saltos sobre as poças
eu, analista de suas poéticas e não desses pulos atlética,
nado embrulhos nos chãos que não piso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s