Sem título II

o descontrole, o quê: não se sabe. o vício e repetição, me avisam, desligaram-se das cabeças nossas mãos, querida, me encerram – não há nada que se faça contra – esqueça. tudo isso quando fui esta noite atrás da foto da pior pessoa do mundo de março à agosto. ninguém nunca concordou comigo e nem eu mesma, seja por isso talvez que eu recorra às imagens na espera desse algo que se confirme e se reafirme a cada amenidade da história que passa ao passo que o mundo impõe a traumática e silenciosa suavidade. tenho eu esta necessidade de conservar os assuntos sérios. tendo eu vivido tantos riscos e contado vários deles, inclusive os que vieram concretos, para estas pessoas que amo; que continuam os afagos com as piores pessoas do mundo – é o quê: ri da

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s