ddd

na matéria de amor nenhuma é herói
pela falta dos contos não há conto para nós
mas este, pra mim
e só –
por agora não querer falar por tantas
e portanto parecer egóica –
não ligo,
sinto muito por ligar números
sem ter tido a dedicação à matemática
tanto como me propuseram ao subjeto
falho não nos problemas mas nas soluções que não sei –
acumulo contas e me peso,
caio por cima de alguns e os peso
ainda mais quando algo os peço sem a dimensão do cálculo
exigido
há dias tento mas não me dispenso
enquanto cada instante mais me despeço,
tentada por alívio das exatas e ao mesmo tempo permanecendo,
cultivo o dúbio desejando que sejam sérios e longos
até logos
sem desejo disso ao fundo
raro quem goste dos números, inclusa eu,
por alguma razão que não a é, continuo tentando as calculadoras com estas gentes
posso pensar agora que é este o erro
e esquecer o apesar
que a mais doída experiência foi com algum que muito gostava.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s